ESCRITÓRIOS DO GOOGLE OFERECEM QUALIDADE DE VIDA

Publicado em: 08/02/2018

*Texto escrito por Priscilla Bencke publicado no Portal Administradores

Qual será o segredo para projetar uma empresa que em 21 anos de existência transformou-se numa das companhias mais desejadas para se trabalhar no mundo todo?

Para que empresários possam se inspirar na arquitetura do Google e criar ambientes que ofereçam qualidade de vida e estímulo à criatividade e produtividade dos colaboradores, assim como é no Google, realizei uma breve análise dos escritórios do Google em várias partes do mundo e compartilho algumas dicas a seguir.

Bom, primeiramente, o Google realmente é uma referência para nós de arquitetura corporativa porque foi ali que teve iniciou um modelo diferente de escritório, de fato eles inovaram nesse sentido. Tanto que hoje está na moda pedir a um arquiteto um modelo de escritório corporativo semelhante ao do Google. Muitas empresas querem seguir esse estilo por que entendem e veem que tem dado certo.

A ARQUITETURA e ORGANIZAÇÃO dos espaços do Google devem ser encaradas como se fosse um investimento estratégico porque o modo como os escritórios são projetados no Google impacta nos resultados apresentados pelos colaboradores e também na qualidade de vida deles. Mas antes de elaborar qualquer layout ou estilo arquitetônico é necessário saber se o projeto está em harmonia com a instituição especificamente em três pontos: cultura empresarial, colaboradores e atribuições.

Então, o primeiro ponto a ser observado é compreender a questão da cultura da empresa e a identidade. Conhecendo a empresa de perto, é possível saber se um ambiente despojado e descontraído realmente é o ideal. Quando observa-se o Google, as diretrizes em que a empresa se baseia e a jovialidade mostram uma arquitetura divertida e que é coerente, completa a identidade da companhia.

O segundo ponto é que deve ter coerência com relação às pessoas que trabalham nessa empresa. É possível enxergar essa coerência no Google: muitos dos colaboradores são mais jovens, ou seja, este detalhe também está alinhado com as necessidades e as expectativas em relação ao ambiente.

A terceira questão apontada leva em consideração a utilidade física do local e se trata de entender o tipo de atividade que os colaboradores executam na empresa. Do meu ponto de vista, a elaboração dos espaços do Google supre a necessidade criativa dos funcionários.


 

Continue lendo este texto super interessante no Portal dos Administradores:

http://www.administradores.com.br/artigos/negocios/escritorios-do-google-oferecem-qualidade-de-vida/108228/

 

 

 

Priscilla Bencke

Arquiteta, pós-graduada em Arquitetura de Interiores, se especializou em Projetos para Ambientes de Trabalho na escola alemã Mensch&Büro Akademie.

Única profissional no Brasil com a certificação “Gepr.ArbeitsplatzExpertin”.

X